Neverland m.clara1@hotmail.com não também não

domingo, 30 de novembro de 2014

Indicação #01 : Biology

Image and video hosting by TinyPic

  É uma fanfic clássica do Fanfic Obsession e, se não me engano, está finalizada. Li até a metade e me agradou a ponto de me fazer recomendar. É sobre uma garota que se envolve com seu professor de biologia teórica, pelo qual sempre teve admiração, e, acidentalmente, também se envolve com o professor de biologia "prática", com o qual sempre teve conflitos. Tem a questão do relacionamento de uma adolescente com um cara mais velho - que é o que normalmente me chama atenção nas fics -, e é bem escrita. A história é bem envolvente, mas, como todas as fanfics interativas, tem seus problemas. A personagem fica bastante tempo refletindo sobre estar traindo alguém que admira muito etc. Além disso, é +18, e acho que às vezes a autora se empolga demais nas cenas de sexo e esquece um pouco da história. Ainda assim, a autora busca, sempre que possível, sair do ambiente escolar, fornecendo um clima mais variado. É meio longa, e já leio há bastante tempo, mas sei que é uma fanfic que eu sempre recorro quando me sinto entediada, pois quando começo a ler me distraio facilmente.

OBS: Minha fanfic Born To Ultraviolence já está no capítulo 2. Gosta de Lana Del Rey e fanfics? Está entediado? Então dê uma lida. ;)

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Hábito Mensal: Outubro 2014


joie de vivre | via Tumblr



  Apesar de já estarmos no final de Novembro, vou falar um pouco sobre o mês passado
 que foi um mês que eu desenvolvi alguns hábitos interessantes.

- Pesquisas em áreas exotéricas

  Desde muito pequena sempre segui a Doutrina Espírita e sempre me senti completa e com minhas dúvidas respondidas. Entretanto, acredito que independente da religião que se possua, é interessante buscar um pouco de informação sobre as outras. Então comecei a buscar sobre religiões um pouco mais antigas como as celtas e seu "renascimento" pelo Wicca. As bases são bastante interessantes que são o respeito pela natureza, a noção de karma etc. Possui algumas práticas que despertam curiosidades, porém possui partes com as quais não concordo muito. Ainda assim, têm extensas áreas e algumas com aprofundamento. Despertou meu interesse para outras pesquisas como o estudo dos efeitos das pedras, chacras, cromoterapia e meditação.

- Meditação

  Não é de hoje que se fala que a meditação traz benefícios incríveis, seja para corpo, mente, alma e/ou a junção e equilíbrio deles. Há algumas técnicas distintas e muitos cobram preços altíssimos para "ensinar a meditar", entretanto, a meditação é algo pessoal, que se faz por si só, e tentando, aos poucos desenvolve-se a forma que mais lhe convém. É importante deixar a coluna reta, principalmente se quiser alinhar os chacras, e manter a mente vazia. É relaxante, e por mais que seja difícil de se arrumar tempo e disposição para fazê-la, é uma atividade que, se feita diariamente, traz benefícios notáveis.

- Escrever tudo o que se pensa

Com rotinas pesadas e mentes lotadas é difícil administrar os nossos pensamentos. Dessa forma, assim que possível, começo a notar tudo o que penso. Tudo mesmo: do mais ridículo até o mais filosófico. Depois de um tempo, você pode averiguar o que pensou e se conhecer melhor, iniciar projetos que poderiam ser esquecidos ou até mesmo se divertir com o que um dia lhe incomodou.

OBS: Minha fanfic baseada nos álbuns Ultraviolence e Born To Die da Lana Del Rey já está no Fanfic Obsession em versão interativa. Deem uma lida e digam o que acharam de Born To Ultraviolence. ;)

Resenha de Cem Anos de Solidão

 
  Foi um livro tão falado esse ano que não pude deixar de ler. Depois de conhecer outras duas obras de García Marquez, decidi investir naquela que ganhara o Prêmio Nobel da Literatura, e ainda duvidando da possiblidade de superar O Amor nos Tempos do Cólera, que o próprio autor considerara o melhor. Entretanto, mais uma vez mordi a língua ou meus próprios pensamentos no caso, porque desde os primeiros capítulos o livro me conquistou. Quando os ciganos apareceram eu já tinha sido arrebatada, e estes aparecem logo na primeira página.
  O livro é literalmente a história de uma família. O leitor "convive" com os Buendía por gerações e conhece suas alegrias e seus dramas: seus cem anos de solidão.
  Os personagens são envolventes e curiosos e o livro mistura algo do real com o surreal que me cativou imensamente. Chega um momento em que você se sente parte da família Buendía e sua própria vida é modificada a partir do momento que tudo lhe remete ao livro, que possui inúmeros fatos incríveis. Como sempre, Gabriel García Marquez demonstrou sua fluidez ao escrever: em um parágrafo ele fala de um espaço-tempo, no próximo parágrafo fala de outro, e ainda assim não faz com que os parágrafos pareçam deslocados.
  Li em uma versão do O Globo, com a capa toda em azul e muitos, inclusive, confundiam com Lolita. Aliás, sou fascinada por esta capa e é o segundo livro dessa coleção que leio e não me decepciono.
  Apesar do nome triste, diverti-me imensamente lendo e até a metade eu chegava a gargalhar das situações inusitadas. Com o tempo, as tristezas vão chegando e te desolando aos poucos, mas ainda assim lhe preenche a sede da leitura construtiva. Analisando sob diferentes pontos de vista, é um livro bastante filosófico. Minha leitura foi lenta, pois quis absorver o máximo deste livro riquíssimo de histórias e culturas. Não é preciso que eu me alongue mais um pouco, pois a verdade já está estampada em cada linha: é meu livro favorito.

domingo, 16 de novembro de 2014

Fórum Alimente o Cérebro


  É um fórum onde as pessoas levantam questões inteligentes e criam debates interessantes. Começou a partir de um canal do Youtube de mesmo nome, mas é possível participar do fórum sem seguir o canal, ainda que este seja interessante também. É um fórum muito bom para abrir a mente para assunto diversos de forma inteligente. Dê uma olhada aqui.

Resenha Baby Doll e Pretty Baby

Baby Doll



  O filme de 1956 conta a história de uma menina de dezenove anos de mesmo nome casada com um fazendeiro de algodão, Archie, e que prometera ao falecido pai da moça que não a tocaria antes dos vinte anos. Archie, visando lucros, acaba tacando fogo na plantação de outro fazendeiro, Vacarro, que sabe o real culpado, mas que não possui provas. Então, em busca dessas provas, Vacarro se aproxima de Baby Doll e a seduz. Parece um pouco óbvio o que acontece, não é verdade? Entretanto, não contarei. De qualquer forma, o filme não tem um ritmo muito bom e não me cativou, ainda que tenha valido para meu histórico.



Pretty Baby




  O filme de 1978 marca o início do desenvolvimento de Brooke Shields como atriz. Primeiro filme a mostrar uma adolescente nua, mostrou-se polêmico. Apesar de ter bastantes cenas de nudez, não há sexo explícito e é condizente com o meio em que o filme se passa. É sobre uma menina de doze anos que é criada em um bordel e vai começar a sua vida como prostituta. Parece chocante, mas inicialmente o filme tem um clima leve que vai ganhando um peso mais consciente do que real conforme vai passando. É interessantíssimo observar a forma como a menina possui uma experiência livre de experiências, a sua personalidade infantil, inocente, impulsiva e determinadamente forte. Mostra muito o quanto uma criança é moldada pelos local e pelas pessoas com que/quem vive. É um filme maravilhoso.

sábado, 8 de novembro de 2014

#100HappyDays



  Bastante famosinho há um tempo atrás, tomei a liberdade de ressuscitar este movimento no meu grupo de amigos. É uma iniciativa para que as pessoas observem suas felicidades diárias até mesmo nas pequenas coisas. Tira-se e posta uma foto desta fonte de alegria a cada dia. O curioso é que haverá dias em que será difícil enxergar o que lhe fez feliz e há outros em que é difícil decidir o que te fez mais feliz. O site que propôs a "brincadeira" tem estatísticas bastante interessantes e, inclusive, recomenda-se que se faça em grupo para que seja uma alegria incentivada e compartilhada. É bastante divertido e dificilmente se terá algo a perder. Dê uma olhadinha no site e se divirta. ;)

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Resenhas de Gabriel García Marquez: "Memórias de Minhas Putas Tristes" e "O Amor nos Tempos do Cólera"

Memórias de Minhas Putas Tristes



  Com um nome atrativo e uma capa bem diferente do que o item anteriormente pressupõe, o livro acaba falando um pouco mais da vida do personagem principal do que de suas próprias putas, mas ainda assim agrada ao término da leitura. A proposta inicial do livro é o aniversário de noventa anos deste homem que decide se presentear com uma noite com uma virgem. Entretanto, a moça, em seu sono, desperta lembranças e alguns sentimentos nele, que começa a ficar em dúvida sobre despertá-la e consumar o serviço pelo qual pagou ou não.
  É um livro curto e por este motivo e por recomendações acabei decidindo que começaria a ler Gabriel García Marquez por ele. Não tive muitas expectativas e o livro presenteou-me com a vontade de conhecer mais o autor. Ainda assim, não recomendo que se comece a ler García Marquez por este livro, mas que a leitura nos dá uma boa visão da velhice de um homem sem grandes expectativas, isso ela nos dá.


O Amor Nos Tempos do Cólera



  A maioria das pessoas me recomendaram que eu começasse por este e, teimosamente, comecei pelo outro. Foi bastante diferente do que eu imaginei que seria e demorei ainda mais para compreender o nome do livro (o que provavelmente foi um sintoma de lerdeza da minha parte). Ainda assim, este livro superou muito o que eu tinha lido anteriormente.
  Conta a história de Florentino Ariza, Juvenal Urbino e Fermina Daza: um triângulo amoroso não muito convencional. O livro adentra suas vidas, pensamentos e personalidades e lhe faz conhecê-los melhor do que a pessoas com quem você convive diariamente. O leitor pode vê-los crescer, seguir suas vidas e envelhecer e ainda com um toque realista e cômico essencial.
  O Amor nos Tempos do Cólera despertou definitivamente minha vontade de conhecer o autor e suas obras. E uma coisa posso dizer: bendita hora em que conheci Gabriel García Marquez.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Nova Proposta


  Confesso que dei uma largada no blog sim, mas todo produtor de conteúdo o faz quando vê que o retorno não é muito grande ou que está muito sem tempo. No meu caso, foram os doid. Mas pretendo me dedicar mais e nesse post mesmo trago novidades. A partir de agora, humildemente, indicarei fanfics. Sejam elas do Nyah!, FFOBS, Spirit ou d outro site. Ao menos uma por mês eu vou tentar indicar.
OBS1: Se vocês quiserem deixar suas fisc nos comentários, se for de gênero do meu interesse, assim que der eu dou uma lidinha.
OBS2: Minh fanfic Blunt Sword, baseada em Game of Thrones já está finalizada e disponível no Nyah! e no Spirit. É só checar o link. ;)

Popular Posts

Atualizações

  • Born To Ultraviolence será postada agora no Wattpad.
  • Capítulo 2 de Crybaby no Wattpad.
  • The Moon Over Me finalizada no Nyah!
  • The Moon Over Me está também disponível no Social Spirit.
  • Another Dead e Clever foram excluídas.

Unordered List

Tecnologia do Blogger.

Seguidores